Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Villas-Boas no FC Porto ou o tempo como grande mestre da vida

O QUE ESCREVI EM MARÇO E EM ABRIL QUANDO NINGUÉM AINDA PUNHA A HIPÓTESE FC PORTO

É que depois da tentativa falhada de Bettencourt na contratação de André Villas-Boas (…) não o vejo a continuar na Académica. E como o líder portista gosta de surpreender, é bom que valorizemos também essa hipótese. E então se Pinto da Costa sabe que isso irrita particularmente o “Special”, meio caminho está já andado…
Passe curto, Record de 4 março 2010

Será que (o compromisso com o Sporting) pode ser revogado? Pode, pagando. E estará aí a explicação para o desabafo do homem que só vê “palhaços” à frente? É possível. Admito, assim, que possa haver já FC Porto na jogada…
Canto direto, Record de 3 abril 2010

…E O QUE ACONTECEU EM JUNHO QUANDO JÁ TODOS SABIAM

André Villas-Boas é o novo treinador do FC Porto.
Comunicado da SAD portista de hoje, 2 de junho 2010

Nota da QdoC: não haverá qualquer comentário a este post, pelos que os autores crónicos de insultos vão ter de ficar a falar sozinhos.