Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Não havia necessidade daquele terceiro golo…

O terceiro golo do FC Porto, ao cair do pano, impediu-me de ultrapassar o nosso Paulinho… Raio de vida!

Fica assim: PFutre 47 pontos, APais 49, AVeríssimo 50, JMSNora 51, CBCruz, EDâmaso e RCalafate 54, LSantana 55, BPrata 56, LMHenrique 57, NEncarnação 62, AVale e RMalheiro 63, CRodrigues 64, LJeremias 69, PASilva 71.