Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Uma estrela única na TVI

Por três semanas, Maria Botelho Moniz tomou de Manuel Luís Goucha o “Você na TV!” e terminou (?) o desafio aprovada por distinção. Com exceção de alguns “balanços” matinais do “BB”, não liderou as audiências, é certo, mas antes já não era a TVI que mandava nas manhãs.

Além do mais, enfrentou, na SIC, um peso pesado da TV e uma apresentadora que vem dando excelente conta nos trabalhos que lhe destinam – e ambos beneficiando, desde a estreia de “Casa feliz”, do impulso vencedor deixado por Cristina Ferreira.

O segundo lugar de “Você na TV!”, a escassos milhares de espectadores da fasquia de Diana e Baião, aparece, assim, como o triunfo do estilo despojado, genuíno, sensível e profundamente empático de La Moniz – todo o contrário da gritaria e do espalhafato que fizeram o sucesso de programas com outra protagonista.

Face aos rumores dos últimos tempos, que dão as escolhas na TVI como norteadas por simpatias e cumplicidades do novo-riquismo a arribar – do que, volto a sublinhar, desconfio – terá Maria Botelho Moniz as oportunidades que o seu talento justifica ou será remetida ao papel secundário que parece estar destinado àqueles que possam, um dia, obter melhores resultados que a estrela única?

Antena paranoica, Correio da Manhã, 22ago20