Uma crítica pertinente ao nosso site, um drama para os jornalistas de Record

O leitor Blue Eyes que muitos comentários fez neste blog enquanto os fanáticos não acabaram com eles, fez chegar à direção de Record o comentário que transcrevo na íntegra.

Importante!!

Fora do tema e à atenção dos informáticos do Grupo Cofina (só acontece com os sites do Record e CM)…

Sempre que se quer entrar no site do Record ou CM a ‘ampulheta’ parece que fica presa e demora uma infinidade de tempo a conseguir entrar no site. O cursor (desenho em ampulheta) fica bloqueado e demora longo tempo a ficar o site disponível para navegar…

Isso como digo não acontece nos outros sites. Por exemplo no site de A Bola é uma facilidade tremenda entrar e sair à vontade. Parece salada de alface, entra-se e sai-se sem problemas e rápido.

Já os sites de Record e CM bloqueiam. Para sair tenho que fazer ‘terminar programa’ e começar tudo de novo, com uma lentidão exasperante.

Favor ver o que se passa. Não dá para compreender!!!

Também queria chamar a atenção para os Web Designers. O quadro dos jogos a realizar do Record na Home Page torna-se muito confuso. Favor apresentar um quadro mais simples com as duas equipas lado a lado, na horizontal… e não uma em cima e a outra em baixo. Torna-se muito confuso. Também os símbolos, asteriscos a indicar o canal de Tv em que o jogo vai dar são muito primários..

Favor assim notar e procurar resolver/explicar

O site anteror era mais simples e agradável.

Obrigado.

Nota da QdoC – Para os jornalistas de Record, que diariamente dão o seu melhor para fazer uma boa edição online, é particularmente frustrante não ver refletidos no site todos os seus esforços. A verdade é que somos apenas jornalistas e nada entendemos de informática, não sabemos ultrapassar os problemas técnicos invocados para não resolver os problemas, não mandamos na PT… Temos à nossa frente, a todo o momento, erros grosseiros, e sabemos que vão ser precisos “séculos” para os emendar. É um novo conceito de “jornalismo”, verdadeiramente lamentável. Como diretor de Record posso apenas apresentar desculpas aos leitores e… aguardar melhores dias.

Partilhar

Os comentários estão fechados.