Um fanático no jornal do Sporting igual a outro que conheci

O jornal do Sporting resolveu brindar-me com um artigo à maneira dos grandes boletins oficiais de clube ou mesmo do macaquinho pseudo-moralista que foi preso por conduzir embriagado.

Não merecia tanto. Pela importância que lhe dou, esse texto poderia ficar reservado aos poucos associados leoninos que se darão ainda ao trabalho de consumir artigos baseados mais no fanatismo do que na realidade e quase totalmente divorciados da inteligência.

Mas acontece que, numa outra vida, também fiz editoriais num semanário de um clube, mais propriamente no jornal do Belenenses, e sei bem como temos de parecer acéfalos para ficarmos bem nesse filme.

Assim, por simples espírito democrático aqui reproduzo o arrasoado de ódio de um sportinguista, e por um elevado (e sempre presente) sentido de autocrítica aqui publico também a lenga-lenga azul que assinei, armado em Zé Serrano, há… 22 anos.

Aviso importante: se vai ser difícil chegar ao final do primeiro round, suportar os dois que se seguem significa que o leitor pode ser… um super-homem.

Partilhar

Os comentários estão fechados.