Temos a edição online mais vista de sempre em Portugal: 198,7 milhões de pageviews em janeiro

O Netpainel da Marktest, ontem divulgado, confirma Record Online como o mais visto de todos os sites portugueses, ficando inclusivamente à frente de um portal, o Sapo. Mais: com as 198.653.733 pageviews de janeiro último, a nossa edição na Internet atinge o maior valor de sempre de um site nacional especializado em comunicação social.

O próprio Sapo, com 190,1 milhões de páginas, bateu igualmente o seu máximo, o mesmo sucedendo com o terceiro classificado, A Bola Online, que conseguiu também o seu recorde histório, com 186,4 milhões de pageviews, de qualquer modo um resultado que Record ultrapassou em mais de 12,2 milhões. 

E podemos acrescentar que só não passámos os 200 milhões de páginas no primeiro mês do ano porque o dia de Ano Novo, tradicionalmente fraco, honrou essa “irritante” limitação.

Líderes absolutos. A primeira posição do nosso site em janeiro deste ano repete os êxitos que já obtivéramos em dezembro e novembro de 2011, embora nesses meses sem ultrapassarmos a homepage do Sapo, ou seja, sem sermos o que somos hoje: líderes absolutos online – numa tabela que inclui (ver infografia abaixo) todos os títulos generalistas, canais de televisão e estações de rádio com sede em Portugal – uma condição que se soma à liderança da imprensa desportiva em vendas e em número de leitores.

Os números alcançados em janeiro batem por 45 milhões, 29%, os que registámos no mês anterior, e ultrapassam em 124%, 109,8 milhões, as 88.861.219 pageviews de janeiro de 2011. 

Mas o início de 2012 trouxe um novo máximo ao Record Online, o “top 5” dos dias com mais páginas vistas, entre 18 e 31 de janeiro, sendo o último dia do mês o campeão, com 8,6 milhões de pageviews.

140 mil aplicações. Estes resultados “estratosféricos” do site de Record, juntam-se a outros números igualmente impressionantes, como os 160 mil “amigos” no Facebook ou os quase 20 mil “seguidores” no Twitter. E ainda a popularidade das aplicações do nosso jornal, diariamente descarregadas, para iPad, iPhone, Android e tablets Android, e que somam já mais de 140 mil.

Nada disto se conseguiria sem a relação de confiança com os 900 mil leitores de Record, uma confiança que resulta da seriedade e do rigor com que nesta casa todos encaram o seu trabalho. E assim continuaremos.

Partilhar

Os comentários estão fechados.