O’Sullivan, Federer, Nadal, Venus, Bjørndalen… a velharia ativa

No passado fim de semana, Ronnie O’Sullivan ganhou, aos 41 anos, o Masters de snooker de 2017, o sétimo em 12 finais desde 1995, no que se pode considerar como um regresso do ex-número 1 e pentacampeão mundial aos seus melhores tempos. Algo que ao longo dos últimos 15 dias fizeram Roger Federer, de 35 anos, e Rafael Nadal, de 30, que voltam a disputar no domingo uma final do Grand Slam, a 28.ª para o suíço, a 21.ª para o maiorquino, mais uma página para gravar a ouro na história... Leia o resto →