Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

“All Together Now”: outro fracasso da TVI

A montanha voltou a parir um rato. Anunciado como “o maior espetáculo de talentos do Mundo” – pobre “Got Talent”! –, com “os melhores entre os melhores” e capaz de realizar “todos os sonhos”, “All Together Now”, da TVI, permitiu à SIC ganhar nas audiências e alcançar até… Read More

A SIC adormece

Em televisão é tão perigoso decidir por impulso ou ao sabor dos amiguismos como fazer bem e depois adormecer à sombra da bananeira. Não será o que se passa com a SIC, mas parece. A TVI lançou no início da semana o “Esta manhã”, um conceito que mistura… Read More

Os cabotinos são agentes do inimigo

Em Hollywood, não faltam estrelas desempregadas. E não, não se trata de mais um drama nascido da pandemia, mas de um velho problema. A indústria do cinema leva muito a sério a lógica do negócio e apesar de alguma cedência ao peso dos nomes no cartaz e aos… Read More

Mendes, Goucha e Fátima: peixes de águas profundas

Como espectador, tanto me diverte assistir a um bom programa como ver a deceção de alguns espevitados quando peixes de águas profundas, dados como extintos, voltam a dar sinais de vida. Aconteceu isso com “O preço certo”, da RTP1, primeiro após o fogo fátuo de Cristina com “Apanha… Read More

E a TVI pariu um rato com o “Dia de Cristina”

A TVI anunciou o “Dia de Cristina” com tal estardalhaço que se criou uma onda de expetativa: que momentos inovadores em televisão iríamos ter? Decorrido o evento, logo se concluiu que a montanha pariu um rato. Durante longas horas, a apresentadora exibiu-se em conversas banais com amigos convenientes… Read More

O que interessa é a satisfação plena do cliente

Na SIC e na TVI devem pensar que descobriram a pólvora com a decisão concertada de silenciarem os comentadores que são adeptos dos clubes. Trata-se apenas de uma abertura de vagas, pois o contributo para combater a propalada “toxicidade” no futebol é quase nulo. Por um lado, está… Read More

O outro lado de João Baião

Há quase três décadas, num dos dois processos em que respondi em tribunal – entre dezenas de inquéritos sucessivamente arquivados – João Baião acusava-me de abuso de liberdade de imprensa. Fui absolvido, apesar de ter apanhado um juiz deslumbrado com “famosos”: afinal, não tinha escrito a “ofensa”, nem… Read More

Peter é morto

Cristina Ferreira terminou a aventura na SIC a mastigar de boca aberta, frente à câmara, e com o garfo e a faca espetados para cima. Ou interpretava o papel de “saloia da Malveira” que lhe deu fama ou não terá condições de representar a TVI como administradora. E… Read More

Cláudio Ramos: a cor é tudo

Nas noites de domingo, está no auge o combate pela liderança das audiências. A SIC garante a primeira posição graças ao sucesso de “Nazaré”, mas perde os outros lugares do pódio porque as duas partes do “Big Brother”, da TVI, batem largamente as quatro “fatias” de “Quem quer… Read More

Um preço certo a pagar

A pandemia obrigou a RTP a repetir exaustivamente “O preço certo” e a perder com isso o quarto lugar que o programa tantas vezes alcançava na tabela dos mais vistos – com um número de telespetadores superior a um milhão. “Quem quer namorar com o agricultor?”, da SIC,… Read More