Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Em parágrafos – 1

1. Esta perturbação dos papás que sonham com filhos perfeitos e ricos – e que possam enriquecê-los também a eles – tanto se manifesta nos que querem fazer dos meninos futebolistas à força como nos que os encaminham para a facilidade da fama televisiva. Em ambos os casos,… Read More

De volta à escrita (e a este blog por mais algum tempo)

Desde o meu último post, há 41 dias, a média de visitas diárias a este blog suspenso – e ainda por decisão minha “atirado” para o último lugar da lista de blogs do site – tem-se mantido acima de MIL (!), o que me surpreende e sensibiliza. Isso… Read More

Crónicas da Sábado: os dias do fim

Se os cientistas dizem que a primeira hora de existência é importante para o que vem a seguir, não haverá razão para não acreditarmos. Embora essa descoberta se assemelhe mais às crenças antigas, que persistem, e que apontam os astros como determinantes do nosso destino. Enfim, creio na… Read More

Em defesa dos animais um email contra algo que nunca escrevi

De: Ana Aboim [mailto:ana.—-@gmail.com] Enviada: domingo, 16 de Junho de 2013 07:13Para: Cofina PortoAssunto: Opiniao sobre V/ artigo que muito gostaria vosse reenviado ao departamento correcto. Obrigada Como nao vivo em Portugal, infelizmente nao tenho acesso a revista Sabado a nao ser quando alguem me vem visitor e me tras todas… Read More

Crónicas da Sábado: rendido à evidência – 6

1. Nunca aprenderei a fazer nada pela Internet. Não por rejeitar o fenómeno ou as novas tecnologias, já que tenho conta no Twitter, no Facebook e no Instagram, e utilizo-as com a regularidade permitida pelo meu tempo disponível. Mas simplesmente porque me dou mal com máquinas, porque me… Read More

Crónicas da Sábado: de pernas para o ar

O Mundo está ao contrário e os efeitos dessa viragem do avesso atingem-nos cada vez com maior intensidade. No último domingo, milhares de pessoas que se deslocaram para as praias da Linha do Estoril deram com a Marginal fechada por mais uma excitante iniciativa popular e andaram, em… Read More

Crónicas da Sábado: obrigado, burocrata

Corria o final do ano da graça de 1967. Sentindo a nostalgia da participação em espectáculos na adolescência, resolvi corresponder ao que julgava ser o apelo de uma vocação definitiva e frequentar o antiquado curso de Teatro do Conservatório Nacional, em Lisboa – antiquado para a época, note-se.… Read More

Crónicas da Sábado: rendido à evidência – 5

1. D. Manuel Clemente parece ter sido a escolha certa para Patriarca de Lisboa. O seu percurso académico e na sociedade civil é a base da renovada esperança de vermos um olhar que é sistematicamente conservador evoluir para uma ação mais voltada para os problemas que afligem hoje… Read More

Crónicas da Sábado: rendido à evidência – 4

1. Demorei a combater a praga. Durante anos, tive na cozinha uma parafernália – utilizo o termo em homenagem aos jovens jornalistas que o colocaram no top das suas preferências, superando o estafado dantesco – de pequenos eletrodomésticos. Tudo o que fosse novidade, eu comprava. Com o tempo,… Read More