Portugueses em Belém

Quando o dinheiro de Rui Pedro Soares o colocou ao leme da SAD do Belenenses, vivia-se no Restelo, e salvaguardadas as proporções, um quotidiano semelhante ao do Benfica após Vale e Azevedo: dívidas por todo o lado, salários em atraso e dificuldades para pagar até a conta da água. Não me devo afastar muito do que teria sido a realidade se disser que – se continuasse entregue à coxa gestão dos sempre os mesmos – o Belenenses teria descido à II Divisão B e disputaria ainda hoje o Campeonato de... Leia o resto →

A incompreensível atitude de Rui Pedro Soares

Em 15 dias: vitória em Guimarães, perante uma das melhores turmas do campeonato, empate no Restelo, frente ao Sporting, com o triunfo a fugir nos últimos segundos, e nova vitória fora de casa, desta vez no Funchal, sobre um Marítimo que tem um orçamento muito maior e um conjunto de futebolistas que o professor Neca não hesitaria em classificar como “um grande plantel”. Esta tripla e inesperada proeza foi conseguida pelo Belenenses, cuja equipa, não dispondo de estrelas rutilantes, funciona como um verdadeiro bloco, graças a um rigor tático, um... Leia o resto →

 
Back to top