Hilde quê? Força Rui, vai-te a ele!

Já pouco resta do edifício leonino cujo cimento dava pelo nome de Paulo Bento, não sei se ainda se lembram. Aliás, pelo que sabemos hoje, ele não trabalhava propriamente com cimento, era mais… com cuspo. Foi por isso fácil, afastado o mentor desses “frustrantes” quatro segundos lugares consecutivos na Liga e de mais umas tacitas sem importância – se comparadas com os brilhantes resultados que se seguiram –, deixar cair os tijolos pacientemente colocados uns sobre os outros. Antes de Veloso e da “maçã podre” já tinham sido despachados Pereirinha... Leia o resto →

Sá Pinto: a bronca anunciada

Sou admirador de personalidades que se recusam a ser cinzentas, o que equivale por dizer que gosto do estilo frontal de Sá Pinto. É verdade que escusava de ser tão frontal assim, pois existe uma fronteira que não se deve passar e que é aquela que separa a agressividade e o inconformismo da violência. Para lá dessa linha já não o acompanho. É bom que se diga que Liedson também não andou bem. Os sócios assobiaram Rui Patrício não por não gostarem dele mas por ter falhado no lance do... Leia o resto →

 
Back to top