LF Vieira e Pinto da Costa: nascidos para a música

Um dos maiores trunfos de Pinto da Costa, provavelmente aquele que fez do FC Porto o que ele é hoje, não passa de algo muito simples: o presidente portista nasceu para a música, perdão, nasceu com jeito para a função. No Benfica, Luís Filipe Vieira foi durante anos apenas um líder voltado para o negócio e por isso os encarnados se salvaram da bancarrota. Mas só com o tempo conseguiu ganhar a sagacidade política que o levou agora à organização da homenagem aos mineiros de San José e à oferta... Leia o resto →

Mais um insulto de Pinto da Costa

O presidente do FC Porto recuperou em boa hora o seu sentido de humor. O País está deprimido e as anedotas de Pinto da Costa são um bom lenitivo para as desgraças do dia-a-dia. E esteve na sua melhor forma, na última sexta-feira, em Caminha, “disparando” em várias direções para gáudio de uma plateia de indefectíveis que tudo aplaude. O problema é que Pinto da Costa não diz só algumas verdades e umas graçolas, e entra pelo caminho onde é igualmente temível: o do insulto.Foi o que aconteceu agora, ao... Leia o resto →

Depois da derrota, o Benfica vai ter de comer a mobília

Com a defesa do FC Porto irreconhecível pela ausência de Bruno Alves, tudo parecia indicar que uma noite de bruxas esperaria os portistas, no próximo sábado, em Aveiro. A confirmação da saída do central, cuja dupla com Rolando fazia subir claramente o rendimento do ex-belenense, deixa os adeptos azuis-e-brancos, após o “encorajante” 0-1 da Luz, sujeitos à mesma angústia, sem grande confiança num resultado positivo. O que mudou depois da partida de ontem foi a euforia encarnada, já que o Benfica mostrou que não é aquilo que em boa verdade não existe no futebol: uma... Leia o resto →

Villas-Boas no FC Porto ou o tempo como grande mestre da vida

O QUE ESCREVI EM MARÇO E EM ABRIL QUANDO NINGUÉM AINDA PUNHA A HIPÓTESE FC PORTO É que depois da tentativa falhada de Bettencourt na contratação de André Villas-Boas (…) não o vejo a continuar na Académica. E como o líder portista gosta de surpreender, é bom que valorizemos também essa hipótese. E então se Pinto da Costa sabe que isso irrita particularmente o “Special”, meio caminho está já andado… Passe curto, Record de 4 março 2010 Será que (o compromisso com o Sporting) pode ser revogado? Pode, pagando. E estará aí... Leia o resto →

Jesualdo irritado com os jornalistas: faz algum sentido?

O treinador do FC Porto não aguentou mais: terminada a época com a conquista da Taça, assestou as baterias sobre os jornalistas, uns malandros que são os recorrentes culpados das desgraças alheias. Não tenho qualquer espírito corporativo, as pessoas distinguem-se pelo que são e não pelas profissões, pelos cursos que tiraram, pelas opções políticas ou religiosas, ou pela beleza dos olhos, mas acho ridícula essa mania da perseguição, particularmente quando é assumida por um homem culto e esclarecido como Jesualdo Ferreira. Talvez Pinto da Costa não perdoe a desilusão, mas creio que, não se podendo ganhar... Leia o resto →

Pinto da Costa: o que ele pensa

Nota prévia – Escrevi este Passe Curto no dia 4 de março. Um mês e meio depois, corrijo apenas a expressão “trabalho interessante”, já que a prestação de Villas-Boas em Coimbra é, sim, dececionante com 5D, 4E e 3V – em 12 jogos (os últimos 6 sem uma vitória) na Liga, em 2010. É que voltam a chegar-me indicações de que o treinador que fala de si próprio na terceira pessoa pode estar, de facto, com um pé no FC Porto. Não é que eu acredite, mas… Quem sucederá a Jesualdo Ferreira? Jesualdo Ferreira pode estar... Leia o resto →

PC e LFV: dois intocáveis

  A montanha pariu um rato. O portista Miguel Sousa Tavares não utilizou, na entrevista ao presidente do Benfica, o arsenal inquiridor cuja agressividade costuma deixar sem fôlego os políticos da praça. Do mesmo modo, a portuense Judite de Sousa, sempre incómoda para os que se sentam à sua frente, não se tornou num cabo difícil de dobrar para o presidente do FC Porto, que começou mais nervoso do que aquilo a que nos habituou, mas que veio a terminar a sua prestação com os ombros repletos de passarinhos a... Leia o resto →

Entrevistas de Pinto da Costa e Luís F. Vieira avaliadas de 0 a 5

Após a entrevista a Judite de Sousa, na RTP (que vi em direto), atribuo a Pinto da Costa as seguintes notas (de 0 a 5): Segurança: 3 – Mais nervoso do que aquilo a que nos habituou, embora terminasse a entrevista a dominar a situação. Imagem: 4 – A mesma postura de sempre, com o tempo, e as rugas, a não prejudicarem a sensação de vitalidade que transmite. Fluência: 4,5 – Ao seu melhor nível, irónico e acutilante. Aquela da Liga dos Túneis só podia ser dele. Credibilidade: 3 – Os... Leia o resto →

FC Porto: é o fim de quê ou de quem?

Já não foi de ontem. O que mais espanta naquilo que começa a ser um penoso final de época é a incapacidade do FC Porto para manter, eu diria até para restaurar, tão evidente é a sua quebra, a famosa aura de disciplina interna, base da mentalidade de ferro que lhe proporcionou tantos êxitos. Bruno Alves é um futebolista que aprecio, pela eficiência, determinação e entrega total ao jogo. Mas os sintomas de falta de estabilidade psicológica exibidos pelo capitão não deixam dúvidas sobre o que se passará igualmente com os... Leia o resto →

LF Vieira e Pinto da Costa são os responsáveis

Escrevi ontem que os responsáveis pelas polícias foram os verdadeiros culpados dos confrontos anunciados entre marginais, supostos adeptos do Sporting e do Atlético de Madrid, na última quinta-feira, em Alvalade. Facilitaram o que se sabia ser difícil e o resultado foi mais uma vergonha para Portugal, amplamente explorada além-fronteiras. Mas os novos incidentes que decorrem neste momento no Algarve, entre energúmenos que se dizem apoiantes de Benfica e FC Porto, já devem ser vistos à luz de outra realidade: a da própria existência destas claques e da utilização que lhes é dada... Leia o resto →

« Entradas mais antigas Posts mais recentes »

 
Back to top