Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Cristiano atirou com a braçadeira e fez bem

Ao cair do pano, a pressão era muita e o remate de difícil execução, sem hipótese de preparação e de ângulo reduzido – na sequência de um portentoso passe longo de Nuno Mendes. Mas Cristiano esteve ao seu nível, enviou a bola para a baliza e fê-la ultrapassar… Read More

Arruaceiros nas suas sete quintas

A pandemia que virou o Mundo de pernas para o ar, modificou também o espetáculo do futebol como o conhecemos. Desapareceram – infelizmente não de vez – os grunhos das claques, que fomentavam a violência nos estádios, e fora deles, com insultos, ameaças, pancadaria, material pirotécnico perigoso, tráfico… Read More

O coração da sorte conquista-se

Como acontece em muitos jogos, o duelo entre FC Porto e Juventus resolveu-se nos pormenores, com o fator sorte, sempre indispensável, a beneficiar os dragões. Tivesse o remate de Quadrado, que esbarrou na trave aos 90+3, entrado na baliza e feito o 3-1, e tudo seria diferente. Ou… Read More

Carlos Carvalhal já tem a carta de alforria

A vitória no Dragão e a qualificação do Sp. Braga para a final da Taça de Portugal, bem como o segundo lugar no campeonato, constituem a carta de alforria que faltava a Carlos Carvalhal, um técnico competente que ia conhecendo alguns êxitos e um homem simpático que não… Read More

Jorge Jesus foi impedido de trabalhar

Dizia José Mourinho após um insucesso do Tottenham: “Não há quem tenha melhores métodos de trabalho do que eu”. Com a experiência que acumulou e o muito que aprendeu não custa acreditar que assim seja. Mas então, continuando a ser um grande treinador, porque atravessa Mou uma fase… Read More

Rúben Amorim construiu uma fortaleza

Dez golos em 20 jogos, eis o maior trunfo do Sporting – o FC Porto, por exemplo, já sofreu 21 em 19 partidas. A segurança de Adán, de que tanto desconfiámos, a procura da melhor forma de sempre, entre nós, de Coates, a confirmação do acerto da contratação… Read More

Pior do que ser incompetente é ser burro

Alguém escreveu no Twitter que ligamos pouco à corrupção e ao nepotismo, não nos afligimos com a demagogia e com a propaganda, contemporizamos com a incompetência, vivemos bem com as aldrabices e temos tendência a desculpar malfeitorias. Mas os brandos costumes alteram-se e o país entra em transe… Read More

A missão quase impossível de Jorge Jesus

Desde os anos 50 que o Benfica não tinha, no campeonato, tanta desvantagem em relação ao Sporting. E há duas décadas que não terminava a primeira volta fora dos três lugares cimeiros. Ou seja, o Livro dos Recordes de Jorge Jesus passou a registar máximos negativos. Como gosto… Read More

O adeus de Ferreyra e o caso de Messi

O Benfica cometeu o erro de contratar Facundo Ferreyra. Foi mais um, acontece a todos, é o preço do risco que corre quem gere um negócio. Mas feito o mal, há que procurar a melhor forma de o minimizar, reduzindo o prejuízo. Isso sucedeu agora: o argentino fez-se… Read More

A triste moda da cambada ululante

Antonio Conte parecia doido. O jogo em Udine aproximava-se do fim e o Inter não conseguia marcar, pelo que o treinador pulava e berrava, acabando por se exceder. Foi expulso e saiu a gritar: “És sempre tu, Maresca, sempre tu, até no VAR!” O futebol é um palco… Read More