Passing short (3)

Henin voltou Ao colocar-se abertamente do lado de Justine Henin, o público que enchia ontem o Rod Laver Arena foi ingrato com Serena Williams, a já mítica vencedora do Open australiano – nove triunfos, cinco em singulares e quatro em pares, estes com a mana Venus – e que desde 1999, quando perdeu a final de pares-mistos, lhe tem oferecido exibições de sonho. A tenista belga, ganhadora em 2004, e que somou a derrota deste ano à de 2006, viu-se apoiada desde o início do confronto decisivo e só não... Leia o resto →

Passing short (2)

As Williams Cansado pelas últimas madrugadas, eis-me perante uma jornada “tranquila”: as manas Williams preparadas para trucidar as adversárias. Começou com Venus, que arrasava a chinesa Na Li a meio do segundo set, depois de ter ganho facilmente o primeiro. Mas mal fechei os olhos deixou-se ir abaixo, acabando por ser eliminada (2-1). Despertei para ver Serena (na foto), que fez o caminho inverso: perdeu o set inicial e permitiu, no segundo, que Azarenka chegasse ao… 4-0. De repente, a sua cabecinha começou a funcionar e a bielorussa baqueou por... Leia o resto →

Passing short

Começou com Sharapova (na foto), Ivanovic e Dokic, prosseguiu com Hantuchova, Dementieva e Wozniacki, e acabou esta madrugada com Maria Kirilenko: o Open da Austrália não quer nada com mulheres bonitas. Justine Henin ainda deu uma ajuda, ao eliminar o “tanque” russo, Nadia Petrova, mas a mágoa masculina é imensa perante o desaparecimento das mais sexy’s da prova. Essa é, no entanto, a maior glória do desporto, que não se submete aos esteriotipos da beleza, à ditadura das modas ou aos devaneios da líbido. Ganham as melhores e ponto. O open australiano não é... Leia o resto →

Adeus às belas

Gosto muito de ténis, mas este Open da Austrália não aparece em tão boa altura quanto desejaria. Afinal, passava boa parte das minhas manhãs “ligado” aos diretos das taças do Mundo de esqui alpino e de esqui nórdico, modalidades de que me tornei fã muito pelo esforço gigantesco a que, em particular a especialidade nórdica, obriga os seus campeões. Bem, mas já que começou o Open aí estou eu, frente ao ecrã e a um estimulante jogo entre Sharapova e Kirilenko, duas atletas de elite e duas mulheres com alguma... Leia o resto →

Hoje twitei (4)

Vamos ter um ano de Manuel Alegre ao almoço e ao jantar. E vamos conhecer depressa os danos reais que Fernando Lima causou a Cavaco Silva. Hoje o Record dá metade da página 5 à agenda da 1.ª ronda do Open da Austrália. De vez em quando, recuamos no tempo. O Miguel Veloso ganhou juízo, agora não pára até de marcar golos. Desta vez é que os candidatos se vão chegar à frente com o dinheiro. E vai dar para ir buscar o Ruben Micael, se outros não se anteciparem.... Leia o resto →

 
Back to top