Cláudio Ramos: um risco excessivo para a SIC

Raramente é verdadeiro o ditado que diz que cá se fazem, cá se pagam. Mas foi o que aconteceu desta vez à SIC. Um ano depois de ter ido buscar Cristina Ferreira à TVI, oferecendo-lhe, ao que se leu, o dobro do salário, a estação de Paço de Arcos ficou agora sem Cláudio Ramos, sofrendo com isso um golpe que pode não ter sido pequeno. A diferença entre os dois raides ao território “inimigo” está no poder defensivo dos invadidos. É que na altura do “roubo” de Cristina, a TVI... Leia o resto →

Nuno Santos na TVI é a novidade que conta

O nascer da década trouxe-nos uma situação nova e outra de continuidade no funcionamento de dois canais generalistas. Começo pela última, a da RTP, que “reprovado” José Fragoso para a direção de informação, recorreu a um dos nomes que há anos flutuam como a cortiça, numa segunda linha cinzenta paga com o dinheiro dos impostos dos portugueses. Enfim, é para perder, pouco conta. A novidade é que importa porque assinala o início do fim do longo e penoso torpor em que se arrastam os programas da TVI. E essa lufada... Leia o resto →

Mário Crespo

Há 48 horas que ninguém arranjava um escândalo que envolvesse José Sócrates. Chegou agora o respeitável Mário Crespo com uma história de café ou melhor, de restaurante de hotel, que envolve o chefe do Governo e alguns ministros, que terão dito a Nuno Santos, em tom exaltado e que pôde ser ouvido por outros clientes, coisas lamentáveis sobre o jornalista e que o próprio, informado do caso por uma testemunha, não hesita em divulgar. Elas vão desde o “mentalmente débil” ao “louco”, passando pela sugestão de internamento “no manicómio”. Todos os... Leia o resto →

 
Back to top