Nunca tantos e tão bons, engenheiro

Com seis golos, seis, marcados pelo Tottenham em Old Trafford pela primeira vez na história – e após a eliminação do Chelsea da Taça da Liga e de outra goleada com que se apurou para a Liga Europa – José Mourinho consegue, finalmente, confirmar que tem uma equipa capaz de discutir a Premier. E a subida de patamar competitivo dos “spurs” torna o campeonato inglês ainda mais emocionante. Até porque também o Everton, de Carlo Ancelotti, parece ter dado o salto de qualidade para o lote dos candidatos ao título.... Leia o resto →

CR7 e Real Madrid: um divórcio estúpido que continua a causar danos

Como aqui previ há uma semana – não era difícil – Cristiano Ronaldo entrou de férias mais cedo do que esperava. Mas despediu-se com dois golos, o último de antologia, e fechou a época com 48 em 52 jogos, uma autêntica proeza para um rapazinho de 35 anos. E fiel a uma postura irrepreensível com os seus treinadores, CR7 não destratou Sarri – como Džeko fez com Paulo Fonseca – o que poderia justificar-se tão medíocre foi o trabalho do napolitano. Veremos se Agnelli não terá cometido novo erro com... Leia o resto →

 
Back to top