Licensiados e ignurantes (1): a intimidada

Acabo de ver na SIC Notícias a reportagem sobre uma tentativa de despejo em Campo de Ourique, Lisboa. Em voz off, um licenciado em jornalismo informa-nos que a inquilina “foi intimidada a sair” pelo proprietário da loja. Não se duvida que a senhora se sinta intimidada com a posição de força, mas entristece-nos que alguém com um curso de Comunicação Social ignore a diferença entre intimar e intimidar. E que quem manda nele se calhar também…