Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Maria Botelho Moniz ainda está verde

Júlia Pinheiro e Fátima Lopes são imbatíveis naquele período da tarde em que os seus programas lançam os dramas mais pungentes. Seguem os casos com atenção e parecem mesmo comover-se, mas não. Ou não demasiado. Impotentes perante a dor, são como médicos face a doentes incuráveis: recebem-nos com… Read More

O fracasso da TVI

A mudança na direção de programas marcou o início do regresso da SIC à liderança e a contratação de Cristina Ferreira foi seguida de outras medidas de gestão de recursos e de captação de audiências igualmente importantes. O segundo tiro na “mouche” de Daniel Oliveira foi o da… Read More

Bom para Cristina, mau para Júlia

O árbitro sueco Mohamed Lahyani, um dos melhores do Mundo, ficará para sempre ligado ao US Open de ténis, que amanhã finda, por ter sido intérprete de um caso insólito. Incomodado com o descontrolo emocional do australiano Nick Kyrgios, um dos novos talentos da modalidade, que perdia com… Read More

Cristina e Júlia: estrelas de papel

Esta semana, foram conhecidos dois insucessos editoriais ligados a vedetas da TV: a Impresa salvou Júlia Pinheiro de fechar o projeto digital “Júlia – de bem com a vida” e Cristina Ferreira vê chegar ao fim a revista “Cristina”. A aposta de Júlia poderia ter resultado sem o… Read More