Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

O dia em que Jaime Gama podia não ter almoçado

Em setembro de 2011, o Mundo vivia o horror pela ação terrorista nas Torres Gémeas, de Nova Iorque. No Tal&Qual, quisemos então saber como estaria a segurança numa dezena de edifícios públicos de Lisboa. Envergando uniformes de uma empresa fictícia de ar condicionado, a Ar&Tal, os repórteres Fernando Brandão e João… Read More

O dia em que podíamos ter morto Jaime Gama

A excelente reportagem que Vera Moura fez para a SÁBADO, como concorrente do programa Ídolos, da SIC, mantém viva a velha tradição portuguesa do jornalista infiltrado pelos melhores motivos, no caso o de mostrar aos leitores como funcionam os bastidores do que é ou pode vir a ser… Read More

http://twitter.com/AlexandrePais (41)

  O grande tabu da sociedade portuguesa: que equipa apresentará Jesus na final da Taça da Liga? Irá. mesmo, meter alguns juniores? O Correio da Manhã fez 31 anos. Felicito o Octávio Ribeiro e recordo o grande jornalista que se chamava Vítor Direito, que foi o visionário. José… Read More