Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Jorge Jesus, o homem do coração de aço

A ingratidão é o maior sinal de falta de caráter e a solidariedade a caraterística que mais dignifica o ser humano. Por isso, o grande momento da final da Libertadores viveu-se antes do apito inicial, quando Enzo Pérez, hoje no River Plate, fez questão de atravessar o campo… Read More