Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Diário de Lisboa: há 45 anos a vida mudou

Em fevereiro de 1972, o jornalista José Neves de Sousa, chefe da secção de Desporto do Diário de Lisboa, perguntou à minha mãe se eu ainda queria ser jornalista – estava desde 1964 na Emissora Nacioinal e trabalhava, na altura, no apoio técnico aos serviços de notícias. Claro… Read More

A minha vida começou com Dacosta

“Por vezes, as pessoas não querem ouvir a verdade porque não desejam que as suas ilusões sejam destruídas” – Friedrich Nietzsche, filósofo alemão, 1844-1900 “Lidei com o analfabeto José Saramago, o analfabeto José Cardoso Pires, o analfabeto Urbano Tavares Rodrigues, o analfabeto Sttau Monteiro…” – são palavras carregadas… Read More

Hoje é Sábado: Um amigo no telhado

Em 1972, o Zé Neves de Sousa abriu-me a porta dos jornais De 1964 a 1977: eis os post-its de 13 anos loucos… e de um louco à solta, valha a verdade A minha vida em post-it? Interessaria a alguém? E seria possível preservar a imagem do artista? Bem, fiquemos antes… Read More