Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Cláudio Ramos: a cor é tudo

Nas noites de domingo, está no auge o combate pela liderança das audiências. A SIC garante a primeira posição graças ao sucesso de “Nazaré”, mas perde os outros lugares do pódio porque as duas partes do “Big Brother”, da TVI, batem largamente as quatro “fatias” de “Quem quer… Read More

Nunca se bate num homem caído

Se tivesse de escolher o melhor momento de televisão da semana, optaria pela excelente entrevista de Vítor Gonçalves a Francisco Assis, na RTP3, que nos deu a conhecer, de novo, o pensamento político, sério e estruturado, de um intelectual brilhante, afastado da vida partidária pela hipocrisia dominante. Mas… Read More

Cláudio Ramos: o falso culpado

Aproveitando as repetições sem fim à vista de “O preço certo”, SIC e TVI travam um duro combate no ante “prime time”, com vantagem – menor nos últimos dias – para a estação de Paço de Arcos. À noite, a vitória dos campónios armados em lavradores é ainda… Read More

Como irá a SIC aproveitar Cláudio Ramos?

Na data em que esta coluna completa oito anos, faço questão de não cair num dos erros que por vezes aqui cometo: o de analisar programas e protagonistas à luz da verdade eterna. E na vida, afinal, pouca coisa é imutável. Nunca fui apreciador de Cláudio Ramos, e… Read More