Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

O ex-acabado lá passou dos 50 golos outra vez

Mesmo que não queira, uma pessoa chateia-se. Aconteceu-me na tarde de sábado, quando me encontrava em estágio de sofá para a final da Champions, com um olho nos “Hala Madrid!” do Twitter e com outro na Sporting TV – para o direto do último jogo do campeonato de… Read More

A sanidade mental da coisa futebolística está preta

Este ano, o futebol parará só uns dias em julho, mês em que não faltarão novidades com o regresso dos treinos. Mas depois da final da Champions – com o devido respeito à Seleção, que terá ainda pelo menos quatro jogos para disputar – tentarei mesmo entrar em… Read More

Sporting acabou com um bom jogo e o FC Porto com um jogo horrível

Terminado o campeonato, restam as evidências: o Benfica deixou o FC Porto a 6 pontos e o Sporting a 12, teve o melhor ataque e a melhor defesa, foi um justo campeão; o V. Guimarães acabou a liga em alta, ao contrário do Sp. Braga, que chegou ao… Read More

O pleno de 13 de maio

Quem aspira ganhar eleições acenando com o regresso do velho Portugal deprimido e temeroso do futuro, e prometendo as mesmas receitas do passado, vai ter de encontrar outra narrativa. Porque o país mudou. Pode viver na ilusão, mas está feliz. Já tinha mudado, é certo, mas acordou ontem… Read More

A diferença entre insultar ou apoiar os jogadores

Não vale a pena sobrevalorizar a capacidade do treinador, a excelência da gestão ou o entusiasmo dos adeptos, tudo fatores importantes e que podem existir ou não: quem vai para o campo e ganha ou perde os desafios são os jogadores. Após a provocação de alguns anormais a Camará… Read More

A cambada é a responsável pela violência no futebol

De cada vez que apontamos o dedo a alguém, há três que apontam para nós. Esta lição não foi dada por um filósofo, um mentor espiritual ou um comentador do fenómeno desportivo, mas por homem simples que sabe que o seu trabalho é de treinador de futebol e… Read More

Um fim de semana de horror futebolístico

Como adepto do Belenenses habituei-me a sofrer até ao dia em que percebi que só o que me restava era a dor, pelo que não valia mais a pena sofrer. Assim, acho normal a ampla derrota no Funchal – a sexta consecutiva (!) na Liga – como me… Read More

FC Porto abana

Nuno Espírito Santo afirmou que o Sp. Braga na segunda parte não existiu. Mas existiu demasiado na primeira e se não fosse o poste a substituir Casillas no penálti – que resultaria no 2-0, ao intervalo – teríamos de volta o FC Porto em crise do início da… Read More

Futebol contaminado pela peste negra

Como se não bastassem os problemas provocados pelas claques, digo melhor, por alguns marginais infiltrados nas claques nos confrontos entre rivais, eis que a baderna alastrou aos jogos da Seleção. Se havia aí um oásis de festa que permitia a participação e confraternização das famílias, depois do que… Read More

E Bernardo Silva joga quando?

Quando Fernando Santos foi escolhido para selecionador nacional, alguns doutos opinadores embandeiraram em arco: ele era o homem indicado para o que diziam ir ser “a renovação da Seleção”. O certo é que só fomos campeões da Europa graças à inteligência do engenheiro, à sua prudência e ponderação, e… Read More