Ao leão em baixo tudo lhe acontece

Chegou, enfim, o primeiro jogo do Sporting da época pós-Bruno Fernandes e a oportunidade para começarmos a descobrir se o novo jogador do MU era, de facto, “meia equipa” do Sporting ou, ao contrário, uma espécie de eucalipto que exauria todo o terreno ao redor, não permitindo o crescimento de talentos ocultos. Persiste a dúvida: pode ser que esse talento exista mas o problema está no tempo, que não corre a favor de Silas, do dr. Varandas e do Sporting. Na Pedreira, vimos uma equipa digna e esforçada, mas sem... Leia o resto →

Que grande carreira, Bruno Alves!

Olhou para o guarda-redes, calculou a trajetória, respirou fundo, deu dois ou três passos e rematou com o talento dos predestinados. O estádio ergueu-se em delírio, o Parma empatava, aos 87 minutos, a partida com o Milan, que parecia perdida. O autor da proeza foi o capitão de equipa, campeão da Europa, comendador e “globetrotter” do futebol: jogou na Grécia, na Rússia, na Turquia e na Escócia, além, claro, de Portugal e de Itália. Quase 130 vezes internacional, sendo 96 na Seleção A, injustamente de fora das últimas convocatórias de... Leia o resto →

Twites mais ou menos azuis

Pronto, com o Beto a defender cinco penáltis, não havia hipótese. Mas parabéns a Toni e aos seus jogadores. Lutaram até ao fim. Assim, sim. Vamos a penáltis no Restelo. De um lado, jogadores experientes e internacionais, do outro, ex-juniores generosos… Excelente a condição fíisica dos azuis de Lisboa, que discutem o jogo até ao fim. Estão em último lugar na Liga… como? Olegário adoeceu: expulsou o Cebola. Afinal, foi o FCP a não acabar com 11. Corrijo: pela primeira vez na história um chinês marcou TRÊS golos ao Sporting… a... Leia o resto →

 
Back to top