Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Os painéis servem as vaidades, não o futebol – por Alberto Rosário

É triste a violência no futebol. Todos os responsáveis, quando questionados, repudiam este flagelo, e pronto, ficam as consciências tranquilas. Pilatos lava as mãos. No real, a coisa muda e atiram, por palavras e atos, a tudo o que mexe, antes e depois dos jogos, como se fossem… Read More

Liedson, por Alberto do Rosário

No Sporting, em eleições, zangam-se as comadres e ajustam-se contas. Saltam verdades e inverdades. Saltam milhões, diretores, treinadores, jogadores e o mais que venha à cabeça de candidatos. E, num instante, a astronómica dívida converte-se nuns míseros 300 milhões que não preocupam ninguém. Nas eleições, um jovem não… Read More

O sistema do Sporting, por Alberto do Rosário

Não há fome que não dê em fartura. São cinco (5) os concorrente à liderança do Sporting. Aí está o mais do mesmo, o sistema a apadrinhar Godinho Lopes, que, pela forma grotesca como se referiu a outro candidato, se posicionou como uma segunda linha do grupo que… Read More

O baronato de Alvalade, por Alberto do Rosário

O baronato sexagenário, que gravita em torno do camarote presidencial, não deixa o Sporting respirar o ar da renovação, da mudança, da inovação. Em busca de pequenas mordomias e, sobretudo, de vedetismo – e a cereja no bolo é a ambição de alguns minutos na comunicação social, com… Read More

Exercício delirante no Sporting, por Alberto do Rosário

“Não fomos nada inferiores ao Benfica” – esta frase proferida, no final do jogo, pelo técnico-adjunto do Sporting é surreal. E confrangedora porque sentimos, vimos e ouvimos que é dita com a convicção de quem acredita que assim foi. Este exercício delirante tem a marca do treinador principal,… Read More