Seis dos oito semifinalistas europeus são da velha Ibéria

Das oito equipas que se qualificaram para as meias finais da Liga dos Campeões e da Liga Europa, cinco (!) são espanholas, uma é alemã, uma é inglesa e uma é… portuguesa. A Península a impor-se no Velho Continente do futebol.

Representantes de grandes campeonatos, como os de Itália, de França ou da Rússia onde estão eles? Ficaram pelo caminho, claro.

E um dos finalistas será espanhol com toda a certeza. Valencia ou Atlético de Madrid, um deles jogará a final da Liga Europa, esperemos que a defrontar o Sporting.

Pois é, depois de ter eliminado o Manchester City, os leões afastaram agora o Metalist, e jogam já no próximo dia 19, em Lisboa, contra o Bilbau. Casa cheia à vista.

Com a proeza de ontem, e com a final da Taça de Portugal, Sá Pinto já ganhou a primeira aposta: amenizar os estragos e não perder completamente a época. Falta o 4.º lugar no campeonato, outra tarefa difícil.

E veja-se como é o futebol: Rui Patrício, que tendo salvo o Sporting na primeira eliminatória frente aos ucranianos acabou por complicar as contas com um penálti escusado, redimiu-se no segundo jogo, voltando a defender um castigo máximo, aliás, uma das suas especialidades.

É que o guarda-redes leonino estreou-se na Liga portuguesa, num jogo contra o Marítimo, a fazer sabem o quê? Isso mesmo: a defender um penálti.

E termino com outro pormenor: o Athletic, esta temporada, já foi derrotado em casa pelo Valencia, pelo Bétis e pelo Granada. Mas também ganhou 7 jogos fora, em 15, ou seja, é capaz do pior e do melhor. Como o Sporting, pelo que só não digo que a emoção continuará dentro de duas semanas porque na segunda-feira teremos, também em Alvalade, um dérbi onde a emoção não faltará. Ui…

Partilhar

Os comentários estão fechados.