Sandra B: uma atriz fora do circo

2010-06-06153744_961f1e4c-aef8-4f3d-8935-154a61e36164$$2066B98B-1131-4DFF-8A54-59CDCD6190D9$$1F7D7FED-A297-4567-AE90-F56831CA509C$$img_detalhe_noticia$$pt$$1

Parei no “Querido mudei a casa”, agora na TVI, como fã que sou do bom gosto de Ana Antunes, da técnica insuperável dos “construtores” e do sentido positivo perante a vida, do apresentador Gustavo Santos. Confesso que sinto saudades do velho “Querido” – e de um excelente grupo de decoradores – e do toque de uma jovialidade sem idade que a presença pontual de Sofia Carvalho dava ao programa, mas nada existe para sempre.

Desta vez, o meu interesse recaiu menos nas obras e mais no alvo da “reconstrução”, mal percebi que o espaço pertencia a Sandra B, um dos muitos atores sem trabalho num país que não merece os seus artistas e numa televisão onde não cabem todos no circo dos “sempre os mesmos”. Em duas assoalhadas sem condições, Sandra criou dois filhos e teve agora de pedir ajuda antes que a casa viesse abaixo.

Não me dói mais a situação da actriz do que a de outros portugueses arruinados. O que me custa é o desprezo a que se votam os artistas, enquanto se vai safando a corja de boçais, ineptos e malandros que nada sabem nem querem fazer.

Antena paranoica, CM, 1NOV14

Partilhar

Os comentários estão fechados.