Repetiu-se em Munique o massacre de 1972

Munique-A

A foto de um dos assaltantes da Aldeia Olímpica, há 44 anos, um dos poucos testemunhos de uma tragédia que chocou o Mundo

O recente ataque armado em Munique, que provocou dez mortos e duas dezenas de feridos, faz-nos recuar no tempo 44 anos e recordar o massacre ocorrido naquela mesma cidade alemã – onde decorriam os Jogos Olímpicos – após um comando palestiniano ter assaltado os quartos dos atletas israelitas na Aldeia Olímpica, fazendo 11 reféns. Foi a 5 de Setembro de 1972 que oito elementos de uma facção denominada Setembro Negro, pertencente à Organização para a Libertação da Palestina, levaram a cabo uma acção que terminaria, no aeroporto, com a morte de todos os atletas sequestrados e de cinco dos assaltantes – os restantes foram presos – depois de as autoridades germânicas terem dado ordem de ataque quando os palestinianos tentavam transferir os reféns para bordo de um avião.
O caso chocou o Mundo e mobilizou os meios de comunicação, tendo em Portugal o Diário de Lisboa, através do super-repórter Neves de Sousa – que conseguiu entrar na Aldeia, já bloqueada – produzido a melhor informação. As tragédias em directo estavam longe de chegar à televisão…
Parece que foi ontem, Sábado, 28JUL16
Munique-B
Partilhar

Os comentários estão fechados.