Record lidera informação de desporto online e em número total de leitores

Os dados do Bareme da Marktest referentes ao 1.º trimestre deste ano, hoje revelados, confirmam Record como o diário especializado em desporto com mais leitores em Portugal e o terceiro título nacional mais lido. 

Com uma quota de mercado de 9,4%, o nosso jornal tem agora 783 mil leitores. A tabela é liderada pelo “Correio  da Manhã” – do Grupo Cofina, como Record – com 12,4% e 1,033 milhões de leitores.

Recorde-se que o Netscope da Marktest, como hoje noticiamos, aponta também o Record Online como a edição mais vista na internet, com 209,5 milhões de pageviews, um máximo absoluto: nunca o site de qualquer título português havia ultrapassado a barreira dos 200 milhões de páginas.

Daqui enviamos um sentido “obrigado” aos nossos leitores, com a promessa de continuarmos a trabalhar cada vez mais e melhor.

Recorde absoluto de Record

Quando se poderia pensar que o máximo absoluto de “pageviews” dos sites portugueses, batido pelo Record Online em janeiro último, com 198,7 milhões, poderia ir resistindo ao longo do corrente ano, eis que os resultados de março, agora revelados pelo Netscope da Marktest, mostram que o nosso site não quer, mesmo, parar de crescer. Com efeito, no mês passado, a edição de Record na Internet tornou-se no primeiro título nacional a ultrapassar a barreira dos 200 milhões, ao registar 209.533.252 de páginas vistas. 
Só o Sapo, que é um portal, reunindo a “homepage” e os serviços, consegue ficar perto de Record Online, com 207,5 milhões de “pageviews”, enquanto “A Bola”, outrora líder, regista já menos 23,5 milhões de páginas do que o nosso jornal – e logo no mês em que lançou o seu pequeno canal de TV.
Na quarta posição, e também em crescimento, surge o site do “Correio da Manhã” – do grupo Cofina, como Record –, o título com mais vendas e com mais leitores em Portugal, que deixa muito para trás concorrentes diretos como o “Público” ou o “Jornal de Notícias”, quase duplicando, aliás, os números do diário portuense da Controlinveste, repetindo online o que já sucede nas vendas em banca. Em quinto lugar aparece o Sapo Desporto, a ocupar a posição que era em janeiro do Mais Futebol, que desce para sétimo.

Quando se poderia pensar que o máximo absoluto de “pageviews” dos sites portugueses, batido pelo Record Online em janeiro último, com 198,7 milhões, poderia ir resistindo ao longo do corrente ano, eis que os resultados de março, agora revelados pelo Netscope da Marktest, mostram que o nosso site não quer, mesmo, parar de crescer.

Com efeito, no mês passado, a edição de Record na Internet tornou-se no primeiro título nacional a ultrapassar a barreira dos 200 milhões, ao registar 209.533.252 de páginas vistas. Só o Sapo, que é um portal, reunindo a “homepage” e os serviços, consegue ficar perto de Record Online, com 207,5 milhões de “pageviews”, enquanto “A Bola”, outrora líder, regista já menos 23,5 milhões de páginas vistas do que o nosso jornal – e logo no mês em que lançou o seu pequeno canal de TV.

Na quarta posição, e também em crescimento, surge o site do “Correio da Manhã”, o título com mais vendas e com mais leitores em Portugal, que deixa muito para trás concorrentes diretos como o “Público” ou o “Jornal de Notícias”, quase duplicando, aliás, os números do diário portuense da Controlinveste, repetindo online o que já sucede nas vendas em banca. Em quinto lugar aparece o Sapo Desporto, a ocupar a posição que era em janeiro do “Mais Futebol”, que desce para sétimo.

Partilhar

Os comentários estão fechados.