Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Uma convocatória que não pode agradar a todos

Sobre a convocatória estamos conversados. Daniel Fernandes à parte, o resto era esperado. Já se sabe que o 24º não vai. Por isso não sei porque os analistas insistem que são centrais a mais…

Agora gostei foi da parte final. Claro que a hegemonia portista não acbaou. Apenas houve um interregno, um break, um hiato, intervalo, uma pausa… e não por mérito do benfica, ma sim por ordens superiores da CA e da CD. Senão vejamos: em 2009 o Porto fez 70 pontos, em 2010 fez 68. Logo dentro do normal.

Em 2009 o Benfica fez 59 pontos. Em 2010 fez uns extravagantes, empolados, insuflados 76 pontos.

Aí  é que está o busilis da questão. Tirem lá os 8 pontos a mais, extra, ofertadados ao Benfica e digam com quantos fica?!

E todos sabem que assim foi. Agora para bem do negócio, para bem das vendas, não podem é dizê-lo em voz alta.

Mas isto aqui é um blogue e podemos dizer a verdade, falar abertamente, porque (creio eu), aqui não há censura prévia.