Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Stop soi

Deve ser pelo mesmo motivo que leva o realizador do Preço Certo a não dar importância à Lenka, à Cristina e à Lúcia, talvez porque possam morder, sei lá.

No caso dos jogadores, existe ainda essa instituição futebolística que são as “esposas”, sempre muito atentas às movimentações. E eles têm um medo que se pelam.

Aliás, os jornalistas copiaram-lhes a mania. Há sete anos, quando cheguei ao Record, as mulheres e os filhos dos jogadores, quando apareciam nas fotos, não eram referidos sequer nas legendas. Era como se fossem… invisíveis.