Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: O Papa agradecido a Jesus (Jorge, com o devido respeito pelo Outro)

Repito: não custava nada uma palavrinha de agradecimento ao Sr Vitor Pereira. Para cada jogo ele nomeava, escolhia, selecionava, definia sempre o árbitro indicado de uma casta superior. Sim, Jorge Jesus teve o seu mérito. Nada a obstar. Mas o grande obreiro foi o Vítor Pereira.

E não venham com estórias da carochinha, do capuchinho encarnado e do lobo mau… O Porto em 2009 fez 70 pontos, e este ano fez 68. Tudo normal: perdeu, ganhou, empatou….

O SLB é que superou as expectativas…