Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Não perdoo a Pinto da Costa

O complexo de colónia nunca irá desaparecer, infelizmente… Engraçado é como algo descartável em Portugal é tão venerado no Brasil, mas a exigência varia muito de lugar…