Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Mourinho, o psicólogo de pacotilha

Boa tarde caro Alexandre Pais,

Concordando com a sua crónica, há uma questão que lhe quero colocar!

Considero igualmente que neste momento o Real necessita do Mourinho para crescer. Agora acha mesmo possível compatibilizar o “todos mandam” e o “nomes para o negócio” que vigora actualmente no Real Madrid com o especial carácter de José Mourinho?

A minha opinião é que das duas uma, ou Florentino Perez dá carta branca a mourinho para liderar todo o futebol do Real o que implicaria não só uma perda de poderes a nível pessoal, bem como para Valdano e ainda uma saída imediata de vários jogadores começando por Raúl e Guti, ou não me parece que o casamento dure mais um par de semanas em lua de mel atendendo ao especial feitio de JM!

Para mais quando o presidente do Real tem uma ideia vincada de compras que rentabilizem investimento (normalmente avançados) que é completamente contrárias às ideias vincadas de José Mourinho de construir equipas trabalhadoras e muito sólidas a partir da defesa!

Esta é a opinião que tenho! Partilha dos mesmos pontos de vista? Que acha?

Um abraço