Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Jesus apareceu a Carvalhal

Caro Alexandre Pais, concordando, no geral, com esta crónica que assina, ponho-lhe uma questão: tendo em conta que Hulk estava muito abaixo do que rendera a época passada, com o jogo a ficar muito mastigado quando passava por ele, porquê incluí-lo na seguinte frase:

“E abalada ainda pela falta de Hulk e também pela de Fernando(…)”. A segunda é compreensível, mas a primeira, sinceramente, creio que ele não faz assim tanta falta. Salvo se pensarmos que poderia ter uma subida de forma e regressar às prestações do ano passado, mas aí já é demasiada especulação…