re: Jesualdo irritado com os jornalistas: faz algum sentido?

Tendo em conta que pode ter sido o seu último acto como treinador do FCP e até quem sabe como treinador durante algum tempo, “acabou” a época deixando a pior imagem.  É em pequenas coisas que se vê o carácter das pessoas, e se toda a gente tem direito a se alterar de vez em quando, é um facto que este ano Jesualdo Ferreira não tem sido feliz. Demasiados tiros no pé. Demasiadas desculpas de mau pagador, conversa de túneis que por mais que queiram não justificam a má época do FCP. E demasiado teatro, “Deixem o Porto jogar”, discurso que não lembra niguém. Foi o FCP que não jogou, não foram os outros que não o deixaram jogar, e se o fizeram, fizeram-no com mérito.

Jesualdo abandona o FCP. E depois? A estrutura portista sempre me deixou com a leve impressão que o treinador faz uma figura de corpo presente e tem como função primária se as coisas não correm bem, levar ele com as culpas. Melhor exemplo que Jesualdo penso que não há.

Por isso querido Jesualdo, se há alguém com culpa no meio disto tudo, não são os jornalistas. Estavam simplesmente a fazer o seu trabalho. O seu estado de espírito é que já não o deixou aguentar mais.

Partilhar

Os comentários estão fechados.