Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Hoje Twittei

Um comentador residente que usa uma não-notícia (o cretino do presidente despediu o treinador quando este se encontrava às portas da morte) e com esse racíocinio falso, ignorante e maldoso ataca um clube digno e os seus dirigentes, esse comentador não merece o jornal para onde escreve, e o jornal que o acolhe sem pedir desculpas aos seus leitores, também não merece ser lido por ninguém. Talvez seja essa uma das explicações.