re: Hoje é Sábado: Um amigo no telhado

“Novembro de 1975: com João Figueiredo, Igrejas Caeiro, Estrela Serrano e muitos outros ajudei a impedir o controlo da EN no golpe de 25, transferindo a informação e a programação de Lisboa para os estúdios livres do Porto.”

Gostei  – principalmente – dessa parte.

Ontem como hoje, o status quo da Capital a impedir a liberdade de pensamento, de acção. Fosse no Estado Novo, nos tempos do PREC, ou nos tempos que agora decorrem, há sempre aqueles que são avessos à novidade, ao pensar diferente. Ontem como hoje o que interessa é manter o rebanho junto em manada: cordato, manso e brando!

Como ainda agora se viu com o ‘abafar’ da noticia dos 9 arguidos de ‘um clube de Lisboa’ diziam eles timidamente, receosos de poderem perder o emprego, ou levarem como o Rui Santos levou no parque de estacionameto da SIC.

Caro Alex Pais, hoje por hoje a censura, a intimidação, a pressão, a coação estão bem piores do qu esses tempos de antanho que tão bem relata e comparte com os seus leitores.

Como Director do melhor jornal desportivo, espero que dê seguimento e andamento à evolução deste caso de ameças a árbitros para só marcarem penalties aos outros e não contra nós. Para só expulsar os jogadores dos outros e não os nossos.

Ou, parafraseando o seu Presidente: eu estou a fazer as coisas pelo outro lado!

Partilhar

Os comentários estão fechados.