re: Hoje é Sábado: E se “eles” tivessem desaparecido?

Neste país, vale tudo (até arrancar olhos) por um campeonato.

Se isto fosse um país de gente séria, alguns (muitos) dirigentes já estavam a pão e água num qualquer calabouço.

Parece que há coisas que só são sérias quando acontecem acima ou abaixo do Mondego, conforme o interesse e os interessados em causa.

Partilhar

Os comentários estão fechados.