Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

re: Elevador da Glória (13)

O filme de Manoel de Oliveira foi nomeado para a secção “Un Certain Regard” do festival de Cannes deste ano. A nomeação pode ser vista como um prémio mas não é um prémio real, que claro poderá ainda vir.

De todas as formas, a escolha é normal, dado do prestígio de Oliveira nos meios cinéfilos mundiais, especialmente nos franceses. Pena é que em Portugal os filmes de um dos maiores vultos da nossa cultura de sempre sejam vistos por muito poucos e de alguma forma façam parte do anedotário nacional, por serem “chatos”, “longos” e “teatrais”.

E continuar a fazer filmes aos 102 anos é de facto espantoso!