re: Ele há claques e claques…

Caro Alex,

Como é óbvio, há claques e claques, umas que se dão bem, como neste caso ligadas ou com interesses ao mesmo clube (FCP). Ainda me lembro de uma célebre reportagem que passou num certo canal em que os Fernandos passeavam juntos em Lisboa, o Fernando Mendes do SCP e o Fernando Madureira do FCP. Estão esquecidos? Pois eu não, e há algo que os une, ou seja o ódio ao SLB. Mais nada.

Quanto ao que se passou em Olhão no jogo com o SLB, foi simplesmente alguns rapazes portugueses e brasileiros, equipados a rigor à FCP (que não jogava lá nesse dia) terem ido para junto dos benfiquistas, mandar agua, garrafas e tudo o que conseguiram levar para dentro do estádio José Arcanjo. Quando o FCP foi jogar a Olhão, na baixa da cidade destruíram tudo e ninguém fez nada, até no comando da PSP que fica nesse mesmo local, não havia um único elemento à porta ou a patrulhar a zona. Como é que eu sei disto? Porque sou de Olhão, das barraquinhas ou outro nome que lhe queiram dar.

Esse senhor que lhe escreveu quase de certeza que é de uma claque e quer misturar as coisas, bem visível na sua (dele) prosa, não me venha agora dizer que 6000/7000 elementos do Setúbal que se deslocaram a Olhão são de uma claque, o que houve sim, foi um bom relacionamento entre adeptos dos 2 clubes, de claques não! Quantos jogos já houve no Estádio Nacional e nada de especial se passou entre os adeptos dos mais diversos clubes? Inúmeros. E em quantos jogos É QUE NÂO houveram distúrbios entre as claques? Zero, talvez…

Faça um serviço aos leitores deste espaço, não publique lixo como esse, porque o que ele queria no fundo era ofendê-lo, a si, aos seu colegas e a quem lê as suas cronicas…

Bem haja.

Partilhar

Os comentários estão fechados.