re: Costinha, o profeta

Esta crónica SIM (já a tinha lido em papel) é digna do grande Alexandre Pais. Parabéns.

Partilhar

Os comentários estão fechados.