re: Costinha, o profeta

A mim parece-me que não é só o relvado da luz que anda inclinado. O Record já esteve menos.

Quero aqui mexer um pouco do passado, quando é muito abordado, neste momento o nome do futuro treinador do Sporting e juntando o nome do árbitro do passado derby: João Ferreira.

Muito provavelmente, já toda a gente se esqueceu como terminou a época 2006/2007: 1º FCP e 2º SCP, amos separados por 1 (um) único ponto. Pois bem, na altura, ano de afirmação de prodígios leoninos, tais como Miguel Veloso e Nani, já para não falar de João Moutinho e do intermitente Djaló.

O Sporting, nessa época, teria ganho o campeonato se João Ferreira não tivesse validade o golo com a MÃO de Rony, na altura jogador do Paços de Ferreira, no jogo Sporting x Paços de Ferreira.

Muito provavelmente, fica bem claro a classe de todos os Sportinguistas em não mais terem tocado neste assunto.

Por tudo isto e muito mais, há que dar o devido desconto a Costinha, naquilo que é um comentário com as emoções á flor da pele.

Partilhar

Os comentários estão fechados.