re: A caixa de Pandora

É preciso é ter calma.

Jogos a feijões nunca nos motivaram, muito menos, quando o adversário é um qualquer “poderoso” de terceira linha do futebol mundial.

É uma questão de mentalidade do povo português.

Partilhar

Os comentários estão fechados.