Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Quando for grande já sei com quem quero ser parecido

Para promoção do último livro de José Rodrigues dos Santos, “Conversa de Escritores”, a Gradiva, a editora, escolheu o excerto que segue do diálogo do jornalista da RTP com a escritora Isabel Allende:

Isabel Allende olha para mim com curiosidade, como se me estudasse.

“Tem piada, José”, observa. “Não o imaginava assim.”

Assim, como?

“Assim tão guapo e com um aspecto tão jovem e fresco. Você nas fotografias tem

um ar mais pesado. Mas vendo-o ao vivo é um pouco diferente…” (…)

“Normalmente os entrevistadores na área literária são velhos e feios”, atalha a responsável

das relações públicas do Circulo de Lectores. “Mas você tem um ar diferente, está muito bem vestido.”

Isabel Allende inclina a cabeça, os olhos a passearem pelo meu corpo.

“Mas despido ainda ficava melhor!”