Quando for grande já sei com quem quero ser parecido

Para promoção do último livro de José Rodrigues dos Santos, “Conversa de Escritores”, a Gradiva, a editora, escolheu o excerto que segue do diálogo do jornalista da RTP com a escritora Isabel Allende:

Isabel Allende olha para mim com curiosidade, como se me estudasse.

“Tem piada, José”, observa. “Não o imaginava assim.”

Assim, como?

“Assim tão guapo e com um aspecto tão jovem e fresco. Você nas fotografias tem

um ar mais pesado. Mas vendo-o ao vivo é um pouco diferente…” (…)

“Normalmente os entrevistadores na área literária são velhos e feios”, atalha a responsável

das relações públicas do Circulo de Lectores. “Mas você tem um ar diferente, está muito bem vestido.”

Isabel Allende inclina a cabeça, os olhos a passearem pelo meu corpo.

“Mas despido ainda ficava melhor!”

Partilhar

Os comentários estão fechados.