Portugal cai para 30.º no ranking de liberdade de imprensa

Publicado em: 05/05/2010 15:19
Portugal cai 14 posições no ranking sobre liberdade de imprensa

Redação Portal IMPRENSA

A lista divulgada pela organização não-governamental Repórteres Sem Fronteiras preocupou a imprensa portuguesa, já que o país desceu 14 posições no ranking sobre liberdade de imprensa, passando do 16º para o 30º lugar de 2008 para 2009.

Ao site português TSF, o presidente do Observatório da Imprensa do país Joaquim Vieira considerou que o Governo contribuiu diretamente para a queda. Vieira citou o primeiro-ministro José Sócrates como o principal responsável por ter feito críticas públicas ao jornal Público e à televisão TVI.

“É uma queda bastante acentuada, sobretudo tendo em conta que Portugal já tinha caído no ano anterior”, disse Vieira.

A queda de Portugal não foi a única entre os países de língua portuguesa, pois Cabo Verde caiu, no mesmo período, de 36º para 44º lugar, Timor-Leste de 65º para 72º, Guiné-Bissau de 81º para 92º e Angola de 116º para 119º.
 
O Brasil, no entanto, subiu do 82º lugar para o 71º, e Moçambique, do 90º para o 82º, na lista que lista que é liderada por Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Noruega e Suécia.

Partilhar

Os comentários estão fechados.