Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Porquê tanta diferença entre o desporto de Portugal e o de Espanha?

De: hugo.pro.coms@gmail.com [mailto:hugo.pro.coms@gmail.com] 
Em nome de Hugo M. Carriço da Torre
Enviada: segunda-feira, 5 de Março de 2012 16:52
Assunto: Portugal Vs Espanha

Boa tarde,

Como amante e praticante de desporto estou atento às principais modalidades e foi involuntariamente que, já há algum tempo, cruzei certos factos pelos quais não encontro solução, principalmente o sucesso de nuestros hermanos espanhóis (selecção e individualidades) em diversas competições, nomeadamente:

  • Vencedores do Campeonato do Mundo FIFA 2010
  • Vencedores do Campeonato da Europa 2008
  • Finalista do Campeonato Europeu de Sub-17 em 2010
  • Vencedores do Campeonato Europeu de Futsal 2004/05, 2007 e 2009/10
  • Vencedores do Campeonato do Mundo de Futsal 2004
  • Finalista do Campeonato do Mundo de Futsal 2008
  • Rafael Nadal – Ténis
  • Fernando Alonso – Fórmula 1
  • Carlos Sainz – WRC e Dakar
  • Alberto Contador – Ciclismo
  • E a lista continua…

Espanha é o país europeu que mais sucessos desportivos alcançou nos últimos anos. Tem sido uma viagem de títulos e celebrações e mesmo quando as prestações não são as melhores, conseguem ter um representante no pódio. 

A minha questão levanta-se porque, pessoalmente, não considero que os nossos vizinhos sejam assim tão superiores a nós. Mas a realidade é que estamos a uma distância considerável a nível de êxitos desportivos…

Alguém tem uma justificação para tal disparidade entre os dois países?!

Será pelo apoio a certas modalidades?! Pelas condições disponibilizadas?! Melhor qualidade na formação desportiva?!

Tenho imenso orgulho nos nossos atletas profissionais e amadores que competem contra os melhores do mundo, onde os apoios e as condições disponibilizadas são bastante diferentes das nossas.

Mas será que os apoios e as condições são mesmo a principal razão para esta diferença?!

Os nossos Nélson Évora, Telma Monteiro, Naide Gomes, Francis Obikwelu, Vanessa Fernandes, Nuno Delgado e outros, são uma resposta portuguesa que também conseguimos ser os melhores em diversas modalidades, mas infelizmente para nós, são modalidades com menos visibilidade.

Na minha opinião os campeões são para ser chamados pelos nomes e merecem ser celebrados, independentemente da modalidade. Infelizmente ainda vejo mais adeptos à porta do aeroporto a receber uma equipa de futebol, depois de um mau resultado efectuado no estrangeiro do que a receber um atleta português campeão do mundo em outra modalidade…

Não estaria na altura de mudar também a mentalidade…?

Hugo M. Carriço da Torre