Por que não havemos de vencer e convencer no próximo jogo? Por favor, não responda

Empatou a Inglaterra com os altamente cotados Estados Unidos, empatou a Itália com os fortíssimos paraguaios, perdeu a Espanha com a fantástica Suíça, empatou e perdeu a França, com os bisnetos dos campeões de 1930 e 1950, e com os poderosos mexicanos, e empatou Portugal, com o grupo excursionista milionário que de vez em quando se reúne na Costa do Marfim.

Estranhamente, ou talvez não, só o resultado da nossa seleção parece ter sido uma catástrofe, uma meia-eliminação, uma desgraça para a Pátria abananada com as misérias caseiras. É verdade que só Alemanha e Argentina vencem e convencem. Mas por que não havemos de acreditar que Portugal se lhes junte na segunda-feira?

Sim, eu já calculava que me iam responder isso.

Passe global, a publicar na edição impressa de Record de 18 junho 2010

Partilhar

Os comentários estão fechados.