Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Não foi o Belenenses mas a sua caricatura!

Seria bom que se dissesse que não foi o Belenenses mas uma sua caricatura, o Belenenses SAD, a ser goleado em casa (?) pelo Sporting, de forma humilhante (1-8!), ao cabo de oito jornadas sem conseguir vencer um jogo. Péssimo final de campeonato da equipa representativa da Codecity, que chegou a ser quinta classificada, era sétima antes deste fim de semana e passou a nona, correndo ainda o risco de ser ultrapassada pelo Marítimo – que está só a um ponto.

É a consequência normal da perda de identidade e de adeptos, e de uma política de compra e venda de jogadores que tem em conta o lucro, o que é natural, mas que despreza a competição e os resultados, fruto da enorme e insanável incompetência de quem manda na coisa. E os jogadores, as maiores vítimas de tudo, que chegaram a sonhar com a Europa…