Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Ontem tivemos uma boa e uma má notícia…

A França deu ontem a ideia de que não é o papão tão temido assim. E a Espanha, a “imbatível”, ganhou anteontem à Croácia um jogo que só não perdeu porque São Iker é o patrono de todos os dias.

É bom que se tentem enganar uma à outra nos “quartos”, uma excelente notícia para Portugal, já que de uma delas vamos ficar livres.

O pior, claro, é a outra parte da moeda, a má notícia: o facto de aquela que vencer ir defrontar a nossa Seleção, com a fatalidade que sempre nos acompanha quando jogamos contra espanhóis ou contra franceses.

Era bem melhor que fosse a Inglaterrra a tentar dar a volta à Espanha, que essa depois era menos difícil de aviar…

Pois, mas temos ainda de levar com os checos, ou seja, passamos a vida com chatices. 

Euro passe, publicado na edição impressa de Record de 20 junho 2012

AFrança deu ontem a ideia de que não é o papão tão temido assim. E a Espanha, a “imbatível”, ganhou anteontem à Croácia um jogo que só não perdeu porque São Iker é o patrono de todos os dias. É bom que se tentem enganar uma à outra nos “quartos”, uma excelente notícia para Portugal, já que de uma delas vamos ficar livres. O pior, claro, é a outra parte da moeda, a má notícia: o facto de aquela que vencer ir defrontar a nossa Seleção, com a fatalidade que sempre nos acompanha quando jogamos contra espanhóis ou contra franceses.
Era bem melhor que fosse a Inglaterrra a tentar dar a volta à Espanha, que essa depois era menos difícil de aviar… Pois, mas temos ainda de levar com os checos, ou seja, passamos a vida com chat